Trilha Cultural vai capacitar 200 educadores em Campina Grande

Romero_trilhatopperMais de 200 educadores da Rede Municipal de Campina Grande serão capacitados para promover a cultura enquanto ferramenta pedagógica. A capacitação será desenvolvida através do projeto “Trilha Cultural”, lançado nesta terça-feira, 26 de agosto, no teatro Municipal Severino Cabral. A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria de Educação da Prefeitura de Campina Grande e o Instituto Alpargatas.

O prefeito Romero Rodrigues participou da solenidade e reafirmou o compromisso da gestão em ampliar o ensino integral no município, articulando ações de educação, esporte e cultura. Romero destacou ainda a importância das parcerias com a iniciativa privada.

“Temos um grande desafio na educação que não é só do poder público, mas de toda a sociedade. Por isso, é importante construir parcerias como a que mantemos com o Instituto Alpargatas, que tem sido de fundamental importância para a realização de ações inovadoras na rede municipal”, disse o prefeito. Romero destacou ainda a valorização dos profissionais da educação e a ampliação da jornada dos professores para garantir o tempo de preparação das aulas para o cumprimento do piso nacional.

A meta da capacitação é ampliar o Programa “Educação pela Cultura” para todas as 125 escolas da rede municipal, conforme informou a secretária Iolanda Barbosa. “Já desenvolvemos o programa com êxito em duas escolas e com a trilha cultural iremos formar multiplicadores em cada escola para, gradativamente, atingir toda a rede, com sua diversidade e pluralidade”, garantiu Iolanda. Já participam do projeto as escolas Maria Salomé, no distrito de São José da Mata, e Leonardo Viturino, no Pedregal

O diretor-executivo do Instituto Alpargatas, Berivaldo Araújo, destacou que o foco do programa será a cultura afro-brasileira. “A gente resgata toda a história da cultura afro-brasileira, tratando da musicalidade, da dança e da capoeira. O projeto é interdisciplinar, a criança vai estudar a história, a geografia, a culinária e outros saberes através da cultura em um trabalhado articulado para que o acesso educacional possa acontecer junto e misturado”, explica.

LANÇAMENTO

 A solenidade começou com a apresentação de grupos de capoeira das escolas onde o programa “Educação pela Cultura” já está sendo realizado. Aconteceu ainda a palestra do educador e consultor Reinaldo Bulgarelli, que falou sobre diversidade, cultura de paz e educação inclusiva. “Temos de perceber que a diversidade é uma característica da vida. Esse programa valoriza a diversidade com uma ação concreta”, avaliou Bulgarelli.

OFICINAS

Serão oferecidas seis oficinas no projeto Trilha Cultural, divididas entre os temas: “Cultura Popular e Interdisciplinaridade”, “História da Cultura Afro-brasileira”, “Pedagogia dos Projetos”, “Elaboração de projetos didáticos”, “Música e dança da cultura popular brasileira” e, por fim, “Brincadeiras populares e interdisciplinaridade”. Participam professores, gestores e técnicos das escolas municipais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO