Turistas visitam Maior São João do Mundo e conhecem Parque do Açude Velho e MAPP

turista_museu_3_pandeirosO Parque do Açude Velho, um dos principais cartões postais da cidade, está entre os lugares mais procurados por turistas que visitam Campina Grande, especialmente neste período junino.  Nesta sexta-feira, 17, turistas do estado do Ceará, que vieram aproveitar os festejos d’O Maior São João do Mundo, edição 2016, aproveitaram a ocasião para conhecer também o Museu de Arte Popular da Paraíba (MAPP), localizado às margens do Açude Velho. O artesanato local chamou bastante a atenção do grupo.

Agências de turismo da cidade selecionaram uma vasta programação para os turistas, a maior parte formada por famílias que decidiram conhecer a terra onde é realizado o Maior São João do Mundo. Uma dessas agências foi a Trajjetus Turismo, coordenada por João Carlos, que trouxe os turistas de Fortaleza (Ceará) para dançar o forró na cidade campinense.imagem

De acordo com João Carlos (Trajjetus Turismo), a chegada dos turistas engrandece o evento. João Carlos cita que, além do Ceará, há grupos de turistas vindos de Belém do Pará, Maranhão e Recife, e que os mesmo ficarão até o próximo domingo na cidade, conhecendo O Maior São João do Mundo.

Na visão de Marina Guimarães, guia turístico de Campina Grande, a parada obrigatória tem que ser o MAPP, o conhecido Museu dos Três Pandeiros. Segundo Marina, os turistas já conhecem, por meio das redes sociais, e pedem para que no trajeto exista uma parada no Museu, para que eles possam entrar e conhecer.imagem

A família de Ana Célia e Edmilson Alves, em seu primeiro ano hospedando-se em Campina Grande, falaram que estão gostando da recepção que receberam no Central Hotel, da decoração do hotel, do restaurante e do estabelecimento hoteleiro. “Logo mais à noite, estou esperando um bom São João”, disseram. Já Edmilson cita que o que mais chama atenção foi a animação. “Toda animação aqui, tanto do trem, quanto no Parque do Povo”, ressaltou.

O turista Edson Guilherme, da cidade de Campinas (São Paulo), disse que “aqui é muito mais interessante do que a praia”. Ele falou ainda da visita ao museu do cordel. “Foi marcante”, disse, principalmente as imagens de Seu Lunga e Lampião que, segundo ele, não existem no Sudeste. Edson ainda mostra a alegria em ouvir a música da cantora Marinês. “Gostei muito. Escutei a música da Marinês e, a partir de agora, vou buscar o disco da Marinês”, falou.

imagem

“Eu já ouvi muito falar d’O Maior São João do Mundo. Eu acho que é uma tradição, uma coisa do popular que a gente tem que preservar. O Brasil tem que preservar essas coisas e os brasileiros têm que vir para cá conhecer”, disse Edson Guilherme.

MAPP – O Museu de Artes Popular da Paraíba está aberto diariamente, a partir das 8h, e se estende durante todo período da tarde, com entrada gratuita. O Museu está localizado na rua Dr. Severino Cruz, Centro. Mais informações 3310-9738.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO