UPA de Campina Grande implanta serviço de telemedicina

upa_cgOs usuários da Unidade de Pronto Atendimento de Campina Grande agora contam com um serviço de telemedicina para diagnóstico avançado de doenças do coração. A unidade recebeu do Ministério da Saúde um equipamento para realização de eletrocardiograma digital, que transmite informações em tempo real pela internet para o Instituo do Coração – Incor, em São Paulo. A novidade, que já está em funcionamento, está ajudando a diminuir o tempo de resposta no atendimento aos pacientes, principalmente aqueles com crises hipertensivas.

Com o novo serviço, caso o médico da UPA identifique a necessidade de ter um diagnóstico mais preciso sobre o eletrocardiograma do paciente, ele poderá solicitar eletrocardiograma digital. Após alguns minutos, um médico do Incor emite um laudo sobre o eletrocardiograma atestando, por exemplo, se há risco de infarto. Os médicos dos dois serviços podem ainda discutir o diagnóstico por telefone e, dependendo do caso, o paciente pode ser estabilizado na própria UPA, que dispõe de Unidade de Terapia Semi-Intensiva.

De acordo com o diretor da UPA, Amaro Jorge, o serviço de telemedicina está otimizando a regulação dos encaminhamentos de pacientes feitos pela UPA para as unidades hospitalares da cidade. “Com o diagnóstico mais conclusivo para cardiopatias, podemos encaminhar o paciente direto para o hospital de referência, o João XXIII, já com os laudos médicos e exames laboratoriais”, explicou.

Ainda segundo o diretor, além do eletrocardiograma digital, a UPA também implantou este ano um laboratório próprio. “Os exames laboratoriais também ajudam a confirmar o diagnóstico precoce das doenças cardíacas, agilizando ainda mais o atendimento. Antes, o tempo para realização desses procedimentos feitos no laboratório, que eram realizados em outros serviços, caiu de quatro horas para pouco menos de dez minutos”, informou.

A secretária municipal de saúde, Lúcia Derks, assegurou que a Prefeitura Municipal está realizando outros investimentos na UPA, a exemplo da informatização dos atendimentos. “A medida vai garantir a qualificação da unidade, inclusive com aumento do repasse de custeio do serviço. Hoje, a UPA de Campina Grande é primeira do Estado a receber o serviço de telemedicina para eletrocardiograma, como também está sendo pioneira na implantação do laboratório dentro da própria unidade”, destacou.

Atendimentos – Atualmente, a UPA realiza, em média, 8.850 atendimentos por mês. Segundo dados da direção do serviço, desse total, cerca de 560 pessoas atendidas na unidade fazem eletrocardiograma mensalmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO