Vacina da Febre Amarela é ofertada no Hospital Dr. Edgley para quem viajar para áreas de risco

Dr_EdgleyA Secretaria Municipal de Saúde está ofertando a vacina que protege contra a Febre Amarela para quem vai viajar para áreas de risco. A medida está sendo adotada pelo Ministério da Saúde, em todo o país, como forma de evitar a expansão no número de casos da doença, que tem ocorrido em vários estados brasileiros.

A vacina é oferecida no Setor de Imunização do Hospital Municipal Doutor Edgley Maciel, mas é necessário fazer o agendamento pelo telefone 3310-6335. “As pessoas ligam e informam a data a viagem e nós agendamos a vacinação para o dia mais adequado, já que é interessante que a vacina seja tomada pelo menos dez dias antes da viagem. As pessoas precisam levar algo que comprove que viajarão para as áreas de risco”, informou a coordenadora de Imunização do município, Miralva Cruz.

As áreas consideradas de risco pelo Ministério da Saúde são os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Bahia, Maranhão, Piauí, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

O número de casos da doença vem subindo nos últimos meses, principalmente nas zonas rurais do estado de Minas Gerais. Em todo o país já foram notificados 421 casos suspeitos de Febre Amarela, sendo 87 mortes.

A vacina é administrada em duas doses. Nas crianças, a vacina é aplicada aos nove meses de vida e aos quatro anos de idade. No caso dos adultos, que não se vacinaram quando eram crianças, a primeira dose é aplicada a qualquer tempo e a segunda deve ser dez anos depois. “Com duas doses a pessoa estará protegida para o resto da vida e a eficácia é de 95%”, explicou Miralva.

Para as pessoas do município de Campina Grande que não vão se deslocar para esses estados onde há ocorrência confirmada da doença, não há necessidade de se vacinar porque, segundo o Ministério da Saúde, não há risco de contaminação.

As contraindicações são para as crianças menores de seis meses de vida, gestantes, idosos, mulheres que amamentam, pacientes de câncer e que fazem uso de medicamento imunodepressor.

A Febre Amarela é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus transmitido por mosquitos, inclusive pelo Aedes aegypti. A doença causa febre, calafrios e amarelidão dos olhos, mas também pode provocar insuficiências hepática e renal, além de outros sintomas, e levar à morte. Há muitos anos sob controle no Brasil, o vírus voltou a se manifestar e, por isso, a imunização está sendo oferecida como forma de prevenção.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO